Dilson Lages Monteiro Quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Conversa de Escritor - Resumo

Convidado: Francisco Clayson Gomes
Tema: Variações em torno de minha poesia
Dia: 09/12/16
Horário: 19h50


(01:22:27) Carlos BH saindo da conversa...
(22:16:35) David Ribeiro Saudações a todos!
(22:16:13) Luiz F. de Oliveira Evoé, poetas! Boa noite pra quem é de boa noite....
(22:16:02) Rhusily Lira saindo da conversa...
(22:15:57) FranciscoGomes saindo da conversa...
(22:15:27) morgana adis saindo da conversa...
(22:15:08) morgana adis Boa noite e parabéns pela iniciativa e oportunidade de trocas criativas. Até!
(22:15:01) ModeradorEntretextos saindo da conversa...
(22:14:48) FranciscoGomes Grato a todos e boa noite!
(22:14:34) ModeradorEntretextos Boa noite a todos!
(22:14:34) Bruno baker saindo da conversa...
(22:14:15) ModeradorEntretextos Agradecemos ao poeta Francisco Gomes a participação no bate-papo. Obrigado igualmente a todos! Boa noite!
(22:13:39) FranciscoGomes ao David: (risos). Sim. Tem muita coisa ruim, mas muita coisa boa também. Me refiro a poesia(s).
(22:11:12) FranciscoGomes ao luiz: creio que irei lançar em janeiro ou fevereiro. Com relação a saídas ou ciladas, acredito que estão em todos os lugares, mas aqui as ciladas estão mais presentes.
(22:08:52) FranciscoGomes ao David: Realmente. Acredito que os poemas audiovisuais estão mergulhados numa atmosfera pesada. A repercussão está sendo boa, pois tem muita gente interessada...
(22:06:30) FranciscoGomes Ao Bruno: os dois.
(22:06:15) David Ribeiro sabendo que as flores da poesia estão \"secas\" em suas mãos no sentido do vazio, como você mesmo disse muita coisa é clichê de padaria
(22:05:45) FranciscoGomes a Morgana: criando uma metalinguagem em cima de sinestesias.
(22:05:45) FranciscoGomes a Morgana: criando uma metalinguagem em cima de sinestesias.
(22:05:43) Luiz F. de Oliveira aí, quando vai servi lançamento de seu terceiro livro? E, aproveitando o momento, que vc diz sobre a \"facilidafe de publicar\" hoje com as editoras do Sul? Há mais saídas ou mais ciladas?
(22:03:29) David Ribeiro Francisco, vendo seus poemas audiovisuais, percebo uma decadência estampada, diferente ao seu primeiro livro.Qual a repercussão dos videos?
(22:01:27) Bruno baker Viver na poesia ou pela poesia?
(22:01:19) morgana adis Como entende a relação dos sentidos com a \"compree(a)prensão\" da poesia?
(21:59:00) FranciscoGomes nos sites: editora Kazuá e livraria Cultura.
(21:57:10) Carlos BH Como faço para adquirir Face a face ao combate de dentro estando distante de Teresina?
(21:56:37) FranciscoGomes creio que a maturação poética: outras leituras, o rigor e a autocrítica.
(21:55:59) ModeradorEntretextos entrando na conversa...
(21:55:12) FranciscoGomes Ao luiz: Acho engraçado muito aspirante a poeta ler o Piva e se autodenominar surrealista, mas sempre preocupado com o mal-estar do capitalismo.
(21:53:14) Moderador O que houve de avanços entre o primeiro livro e o atual?
(21:52:43) FranciscoGomes a Rhusily: ser poeta é indefinível.
(21:50:05) FranciscoGomes a Morgana: Sim e também subverte o insuficiente.
(21:47:47) Luiz F. de Oliveira Em conversas artbarianas, falamos sobre o \"estar de poetas \'federais\' em nossos poetas \'municipais\'\". Como vc vê essa \"tendência de querer ser o outro\" na poesia de nossos \"poetas menores\"?
(21:47:32) Rhusily Lira Aproveitando o gancho da pergunta da Morgana. Defina pra mim o que é ser poeta?
(21:47:26) FranciscoGomes ao David: Num sentido utilitário, a poesia é desnecessária. A arte e a poesia existem porque viver é insuficiente.
(21:46:07) morgana adis O poeta Pedro Port diz sobre o poeta: \"é um ser destinado a inventar palavras e sentidos quando o que existe não é suficiente\"... Tem sentido semelhante para você esta relação?
(21:45:35) FranciscoGomes A Rhusily: Apesar de transar com a música e o desenho, \"ser\" poeta é mais do que um ofício.
(21:43:23) FranciscoGomes Ao Bruno: Sim. No meu caso, estou nos outros.
(21:41:03) David Ribeiro Como a arte. A Poesia é desnecessária?
(21:40:49) FranciscoGomes ao luiz: utilizo as redes sociais para divulgar meu trabalho: blog, página no face, canal no youtube
(21:39:27) Rhusily Lira Você acha o \"ofício\" de poeta sério ou você consegue transitar em outros universos e esquece desse tal oficio ?
(21:38:55) FranciscoGomes Georg Trakl, Hilda Hilst, Orides Fontela, Pound, Rabearivelo...
(21:38:36) Bruno baker Escrever sobre si, sobre os mundos e os outros é um ornamento didático ou uma mise en scene? O autor realmente é um em outros?
(21:38:36) Bruno baker Escrever sobre si, sobre os mundos e os outros é um ornamento didático ou uma mise en scene? O autor realmente é um em outros?
(21:38:36) Bruno baker Escrever sobre si, sobre os mundos e os outros é um ornamento didático ou uma mise en scene? O autor realmente é um em outros?
(21:38:13) Bruno baker Escrever sobre si, sobre os mundos e os outros é um ornamento didático ou uma mise en scene? O autor realmente é um em outros?
(21:37:46) Luiz F. de Oliveira entrando na conversa...
(21:37:08) Luiz Filho de Oliver Aproveitando, essa pergunta da Rhusily, como vc tem-se \"aproveitado\" da \"infernet\" para produzir sua poesia?
(21:37:03) morgana adis Entre suas leituras mais caras que nomes encontramos?
(21:36:09) FranciscoGomes Na verdade, não acho nada. Apenas observo silenciosamente...
(21:35:00) Rhusily Lira O que você acha da nova versão de pessoas que se dizem \"poetas\" nas redes sociais?
(21:33:58) FranciscoGomes os mundos: o eu e os outros.
(21:33:25) FranciscoGomes Na verdade, Luiz, poesia é mais complicado. A música, pra mim, é bem mais simples.
(21:33:16) Rhusily Lira entrando na conversa...
(21:32:10) Moderador O que é maior em sua poesia? O eu ou o mundo?
(21:31:26) FranciscoGomes Busca do \"exato\" no sentido de materializar a ideia nas palavras. A escassez é premeditada. Os poemas procuram atingir o exato, apesar de deixar brechas imensas.
(21:29:16) Luiz Filho de Oliver entrando na conversa...
(21:28:00) Luiz Filho de Olivei Vc, além da poesia, transa a música também. Claro que a \"poesia pra livro\" é mais livre do que a \"poesia pra música\". Como vc lida com as \"amarras\" da música e a liberdade da poesia na hora de compor um e outro texto?
(21:25:06) morgana adis Aproveitando o aspecto da exatidão: há uma escassez premeditada? Há uma busca por esse exato ou os poemas simplesmente vertem?
(21:23:28) FranciscoGomes ao David: procuro na minha poesia, de certa forma, atingir a linguagem \"exata\" des-construindo significados.
(21:20:59) FranciscoGomes resposta ao Bruno: Todo mundo quer ser poeta, o difícil é entrar, mergulhar na poesia.
(21:18:54) FranciscoGomes Concordo. A poesia é um alívio. Um exercício de exorcismo, no meu caso.
(21:18:48) David Ribeiro poema
(21:18:18) David Ribeiro Francisco boa noite; sabemos que muitos dos poetas preferem a \"simbologia\" de algo para dá forma a poesia. Percebo que em seus poemas, giram em torno de si mesmo. Como você consegue desmaterializar a forma, dando forma para o pema?
(21:17:01) Bruno baker Repetir para aprender, criar para renovar vide Pound é uma novidade ou uma retaliação aos novos tempos poéticos?
(21:17:00) morgana adis ... Gullar disse que o poeta escreve pra se livrar da angústia, não para se angustiar, concorda?
(21:15:05) FranciscoGomes o corpo, o cotidiano...
(21:14:29) Moderador Na contra-mão de quê? como isso se materializa em discurso (tema) e na forma?
(21:14:15) Luiz Filho de Olivei Que \"iscas de linguagem\" vc usa pra compor sua poesia?
(21:13:39) FranciscoGomes Sempre na \"contra-mão\"
(21:12:44) Luiz Filho de Olivei entrando na conversa...
(21:12:44) Moderador O ponto de partida de sua criação é uma metáfora?
(21:12:40) Bruno baker A subversão poética é uma de suas armas metafórica?
(21:12:36) FranciscoGomes desculpa ademora, travou aqui. Mas vamos continuar
(21:12:08) FranciscoGomes a subversão poética contra as falsas metáforas deste cotidiano embusteiro.
(21:10:59) Luiz Filho Boa noite, Francisco, Dílson e a todos que participam do bate-papo.
(21:09:36) Luiz Filho entrando na conversa...
(21:09:11) morgana adis Boa noite
(21:08:51) Jonas Boa noite, gente. Boa noite, poeta.
(21:08:45) Bruno baker entrando na conversa...
(21:07:57) Jonas entrando na conversa...
(21:07:36) David Ribeiro entrando na conversa...
(21:01:05) morgana adis entrando na conversa...
(20:59:39) Moderador Francisco quais as grandes motivações de sua poesia?
(20:59:15) Moderador Boa noite. Iniciaremos agora bate-papo com o poeta Francisco Gomes. Sejam Bem-vindos!
(20:58:25) morguy111 entrando na conversa...
(20:58:24) FranciscoGomes Olá, boa noite!
(20:58:11) Carlos BH entrando na conversa...
(20:57:54) FranciscoGomes entrando na conversa...
(20:53:21) Moderador entrando na conversa...
Livraria online Dicionário de Escritores Exercícios de criação literária
Entretextos Acadêmico
Rádio Entretextos
Livros online Aúdios

Imagens da Cidade Verde: entrevista com o escritor Ribamar Garcia


Os anos da juventude, entrevista com Venceslau dos Santos


Listar todos
Últimas matérias

17.01.2019 - GUERRAS INÚTEIS

rEPUBLICADO

14.01.2019 - TIO GENARO E ANTÔNIO

TIO GENARO E ANTÔNIO

12.01.2019 - Trata-se de casos raros

Por que se diz “Trata-se de casos raros” mas ao mesmo tempo se pluraliza o verbo numa frase semelhante: “Tratam-se casos raros de câncer naquele hospital”?

10.01.2019 - O poeta João Carvalho na ágora do Ágora

Quando fui juiz em Capitão de Campos, já ouvia falar no João Carvalho, que havia sido médico nessa cidade, como um cidadão bem-humorado e cordato. Depois, o conheci pessoalmente e atesto essa opinião.

10.01.2019 - Pronome SE e indeterminação do sujeito

Vejamos os casos em que o verbo acompanhado do pronome se não configura voz passiva e, portanto, não se pluraliza

09.01.2019 - Algumas leituras de 2018 - III

Prosa contemporânea, livros sobre livros

08.01.2019 - Livre-se

Acredito que quase todos os Extraordinários tenham problemas de espaço em casa no que toca à arrumação dos livros

08.01.2019 - NOVO TEXTO DE "A PANTERA"

NOVO TEXTO DE "A PANTERA"

07.01.2019 - Algumas leituras de 2018 - II

Ficção científica, fantasia, autores paraibanos

06.01.2019 - Nathan Sousa: um poeta em ascensão

Não se pode negar

05.01.2019 - Algumas leituras de 2018 - I

Aqui vão algumas das minhas leituras de 2018

04.01.2019 - Quarta-feira de Cinzas, sermões

O Padre Antônio Vieira é um notável autor binacional, brasileiro e português, vejamos um dos seus livros.

02.01.2019 - AS VOLTAS QUE A VIDA PODE DAR

Mudar é difícil. Aceitar a necessidade da mudança é ainda mais complicado. É sempre menos perturbador permanecer na mesma rotina de todos os dias, sabendo exatamente como agir ou quais decisões tomar.

26.12.2018 - A AGENDA MÁGICA

Era uma agenda

25.12.2018 - Auto de Natal em Copacabana

Auto de Natal em Copacabana

25.12.2018 - O METRO ADVERSO

O METRO ADVERSO

24.12.2018 - Cartinha Caprichada

⠀- Existe boneca que ri?

23.12.2018 - A teoria da decisão filosófica de Euryalo Cannabrava

A teoria da decisão filosófica de Euryalo Cannabrava

23.12.2018 - Marechal Henrique Dias Valadares

O acadêmico Reginaldo Miranda escreve sobre a vida de um brasileiro notável, nascido no Piauí.

22.12.2018 - Sobre a tradução poética

Uma das coisas mais incômodas quando a gente tenta traduzir poesia é a obrigação de seguir a métrica do original

21.12.2018 - Sentimentos e diminutivos plurais. Locução "quando de"

Não tropece na língua

19.12.2018 - Uma carta de amor

Talvez os Extraordinários não saibam, mas o mercado editorial no Brasil está num estado absolutamente calamitoso

ENTRETEXTOS - DÍLSON LAGES MONTEIRO
Baloon Center, Av. Pedro Almeida nº 60, Sala 21 (primeiro piso) - São Cristóvão - Teresina - Piauí - CEP: 64052-280 Fone (86) 3233 9444
e-mail: dilsonlages[@]uol.com.br