Dilson Lages Monteiro Segunda-feira, 17 de junho de 2019
Paradoxo
Margarete  Hülsendeger
Tamanho da letra A +A

A VIDA É ESTRANHA

A VIDA É ESTRANHA

 Quando a gente acha que tem todas as respostas vem a vida e muda todas as perguntas...

Luis Fernando Veríssimo

A vida é estranha. Estamos sempre correndo. De lá para cá. De cá para lá. Agimos como se o mundo fosse, a qualquer momento, deixar de existir. No próximo instante. Muitas vezes, até esquecemos do porquê corremos, tão acostumados que estamos a apenas correr.

A vida é estranha. Estamos sempre lutando. Brigamos com os outros e até com nós mesmos. Quando nos questionamos sobre por que lutamos, geralmente respondemos: “Luto para sobreviver”.

Sobreviver a quê? Sobreviver a quem?

E se lutamos tanto é porque algo queremos conquistar. Um objetivo desejamos atingir. Mas, qual será ele? Será que sabemos? Será que você sabe?

A vida é estranha. Estamos sempre sofrendo. Sofremos por tudo e por todos. Sofremos até quando não há necessidade de sofrer. Quem sabe, o sofrimento não se tenha tornado uma forma de expiar as nossas culpas.

Culpa do quê? Culpa pelo quê?

Não interessa. Há muito tempo descobrimos que não precisamos de desculpas ou motivos para nos sentirmos culpados.

A vida é estranha. Estamos sempre sonhando. Sonhamos em ter e esquecemos de sonhar com o ser. Queremos que os nossos filhos sonhem os nossos sonhos e nos martirizamos quando eles não o fazem. Corremos e lutamos para concretizar o que sonhamos. No entanto, passamos boa parte de nossas vidas sofrendo e nos culpando por não conseguirmos realizar metade do que imaginamos.

A vida é estranha. Queremos ser o que não somos. Exigimos que os outros sejam como nós acreditamos que somos. E, no final, acabamos esquecendo tudo isso porque nos perdemos correndo, lutando, sofrendo e sonhando. E quando a morte finalmente chega, ela não quer saber. Lá vamos nós com nossas culpas e sonhos tentar mais uma vez, nos minutos finais da nossa existência, entender por que a vida nos pareceu tão estranha.

Compartilhar em redes sociais

Comentários (0)

Deixe o seu comentário


Reload Image








Últimas matérias da coluna

06.05.2019 - A VIDA É ESTRANHA

18.02.2019 - SIM, É POSSÍVEL!

02.01.2019 - AS VOLTAS QUE A VIDA PODE DAR

01.12.2018 - PRESSÁGIOS: DAS MOIRAS AOS SUECOS

05.03.2018 - Elétrons

12.02.2018 - OS LIMITES DA LOUCURA

04.12.2017 - PERDIDA

04.11.2017 - LIÇÃO DE CASA

03.10.2017 - HERESIA! PARTE II

05.09.2017 - HERESIA!

07.08.2017 - DIÁRIO DE UM SOBREVIVENTE - PARTE III

03.06.2017 - DIÁRIO DE UM SOBREVIVENTE - PARTE II

08.05.2017 - DIÁRIO DE UM SOBREVIVENTE - PARTE I

01.04.2017 - UM ARCO-ÍRIS SÓ MEU

13.01.2017 - O PRÍNCIPE - PARTE I

Ver mais
Livraria online Dicionário de Escritores Exercícios de criação literária
Entretextos Acadêmico
Rádio Entretextos
Livros online Aúdios

Imagens da Cidade Verde: entrevista com o escritor Ribamar Garcia


Os anos da juventude, entrevista com Venceslau dos Santos


Listar todos
Últimas matérias

12.06.2019 - TRADUÇÃO DO POEMA "NEGRO", DE LANGSTON HUGHES (1902-1967)

Negro

11.06.2019 - A mentira de Haddad no segundo turno

Como diz o Senador Álvaro Dias, abre o olho!

09.06.2019 - TRADUÇÃO DE UM POEMADE ALFRED DE MUSSET ( 1810-1833)

j'AI PERDU

07.06.2019 - Abreviaturas em correspondências e não uso do ilmo

Abreviaturas em correspondências e não uso do ilmo

07.06.2019 - O que ando a ler

Em Tudo Havia Beleza, de Manuel Vilas

07.06.2019 - Do amor e outros demônios

A história de Sierva Maria de Todos los Ángeles

06.06.2019 - O CAVALO DO APOCALIPSE

O CAVALO DO APOCALIPSE

05.06.2019 - TRADUÇÃO DE UM POEMA DE E.E.CUMMINGS (1894-1962)

since feeling is first

02.06.2019 - SOBRE A REFORMA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL BRASILEIRA

Estou pensando

01.06.2019 - Coronel Doca Borges e a ascensão política de Floriano.

O acadêmico Reginaldo Miranda escreve sobre um importante coronel da política piauiense.

01.06.2019 - A MORTE DE LAMPIÃO

A MORTE DE LAMPIÃO

30.05.2019 - EXPEDIÇÃO ÀS SERRAS DAS ÁGUAS COLONIAIS (*)

De forma bem clara e firme, sem querer ferir ou magoar ninguém, mas apenas por amor ao debate, que sempre deve existir em assunto controvertido, e apego à verdade histórica, eu disse comungar da tese do historiador Vicente Miranda...

30.05.2019 - ESTRADA CLARA

ESTRADA CLARA

28.05.2019 - Aspas e maiores ou mais informações

Existem os dois casos: aspas e ponto / ponto e aspas

28.05.2019 - TRADUÇÃO DE UM POEMA DE LANGSTON HUGHES (1902-1967)

i tOO

ENTRETEXTOS - DÍLSON LAGES MONTEIRO
Baloon Center, Av. Pedro Almeida nº 60, Sala 21 (primeiro piso) - São Cristóvão - Teresina - Piauí - CEP: 64052-280 Fone (86) 3233 9444
e-mail: dilsonlages[@]uol.com.br