Dilson Lages Monteiro Terça-feira, 19 de junho de 2018
Crônica de sempre
Rogel Samuel (atualização diária)
Tamanho da letra A +A

Como dizia dona Maria Augusta Pereira Batista, "Tudo de belo e de bom!"

 

 

 

Rogel Samuel

 

Minha saudosa amiga, Dona Maria Augusta Pereira Batista, era uma senhora idosa na casa de quem eu morei na minha juventude no Rio de Janeiro.

Eu a conheci no mosteiro budista de Santa Teresa.

Habitei um quarto no apartamento dela na Praça da Cruz Vermelha, em frente ao bar Ali Babá, que era um bar de bandidos que, naquele tempo, eram amistosos e de cuja convivência privar era um privilégio.

D. Maria Augusta, que morava só, cuidou de mim como uma mãe, e certamente foi umas das melhores pessoas que conheci.

Era pobre, mas de família ilustre, meio-parente do Dr. Joaquim Murtinho e tinha – abandonada! – uma casa na Pedra de Guaratiba.

Abandonou aquela casa no dia em que faleceu o marido.

Um dia, fomos, eu e ela, ver a casa.

Ainda estava lá, tal como ela a deixou, a mesa posta para o almoço daquele dia, dez anos antes, em que o seu ex-marido faleceu.

Tudo estava intacto, como num museu, como naquele dia!

Feliz saudade, Amiga!

Compartilhar em redes sociais

Comentários (0)

Deixe o seu comentário


Reload Image








Últimas matérias da coluna

15.06.2018 - A LEMBRANÇA DE VALQUÍRIA

12.06.2018 - O AMOR

02.06.2018 - O Shakespeare de Giovanni Emanuel no Teatro Amazonas, em 1889

24.05.2018 - O poema profético

22.05.2018 - O grande tesouro

19.05.2018 - O CASAMENTO REAL

17.05.2018 - MORRE O POETA HERCULANO MORAES....

17.05.2018 - A 3ª REIMPRESSÃO DA 6ª EDIÇÃO NA SUA LIVRARIA

13.05.2018 - Dia das Mães

06.05.2018 - O vestido verde

29.04.2018 - O fundamento dos sonhos

26.04.2018 - Rir da desgraça?

26.04.2018 - uivo longo noite escura vento

24.04.2018 - A CAXINAUÁ

14.04.2018 - O morcego

Ver mais
Livraria online Dicionário de Escritores Exercícios de criação literária
Entretextos Acadêmico
Rádio Entretextos
Livros online Aúdios

Imagens da Cidade Verde: entrevista com o escritor Ribamar Garcia


Os anos da juventude, entrevista com Venceslau dos Santos


Listar todos
Últimas matérias

17.06.2018 - Profº R. N. Monteiro de Santana

O acadêmico Reginaldo Miranda faz homenagem a um grande intelectual piauiense.

16.06.2018 - O CURSO DE LETRAS: SUA IMPORTÂNCIA, DESAFIOS E PERMANÊNCIA

Sinto-me muito honrado

15.06.2018 - Perseguição aos cristãos no mundo inteiro

Os fatos aqui mencionados são verídicos, mas a mídia pouco deles fala.

15.06.2018 - A LEMBRANÇA DE VALQUÍRIA

A LEMBRANÇA DE VALQUÍRIA

12.06.2018 - Histórias

- Não só meu avô, professor, minha avó conta que também trabalhava.

12.06.2018 - O AMOR

O AMOR

11.06.2018 - A que ponto chegamos

Analise cuidadosamente o caso antes de trocar precipitadamente o “ao ponto de” que seu computador assinala em verde por “a ponto de”, visto que Você pode estar com a razão!

10.06.2018 - O amor, o cinema, a revolução

Nem tudo que diz respeito aos anos 1960 pode ser carimbado com a fórmula “sexo, drogas e rock-and-roll”.

09.06.2018 - Marcos Antônio de Macedo

O acadêmico Reginaldo Miranda traça o perfil biográfico de um importante cientista, magistrado e político piauiense.

08.06.2018 - Alguns fragmentos, meus e de outros

Há muito tempo

07.06.2018 - "A Coisa" de Stephen King

Existem monstros sagrados que são mais monstros que sagrados...

06.06.2018 - Louro da Banca, patrimônio cultural parnaibano

O Louro é uma instituição da Praça da Graça, e deveria ser tombado como um patrimônio vivo do município.

05.06.2018 - POEMA DE EMILY DICKINSON

POESIA

05.06.2018 - Minha Rua

Quando eu morrer, quero ser nome de rua

02.06.2018 - O Shakespeare de Giovanni Emanuel no Teatro Amazonas, em 1889

Grande intérprete de Shakespeare, Giovanni Emanuel revolucionou a cena italiana.

ENTRETEXTOS - DÍLSON LAGES MONTEIRO
Baloon Center, Av. Pedro Almeida nº 60, Sala 21 (primeiro piso) - São Cristóvão - Teresina - Piauí - CEP: 64052-280 Fone (86) 3233 9444
e-mail: dilsonlages[@]uol.com.br