Dilson Lages Monteiro Quarta-feira, 15 de agosto de 2018
Anexos da realidade
Miguel Carqueija
Tamanho da letra A +A

Capitalismo e socialismo

Capitalismo e socialismo

 CAPITALISMO E SOCIALISMO

Miguel Carqueija

 

            É moda ou modismo falar mal do capitalismo e exaltar o socialismo. Mas o que nos dizem os fatos?

            Onde existe prosperidade existe capitalismo. Países como Canadá, Austrália, Nova Zelândia, Inglaterra, Alemanha, França, Suíça, Japão, além dos Estados Unidos, prosperam porque são capitalistas. O socialismo, onde se implanta, implanta a miséria, a fome, a opressão e a intolerância. Basta ver os terríveis exemplos da Albânia ao tempo de Enver Oxha, da Romênia de Nicolau Ceausescu, do camboja na época de Pol Pot, e agora mesmo a Venezuela com Nicolau Maduro no poder.

            Vejam bem que eu falo no socialismo propriamente dito, o socialismo marxista, ou comunismo, não a chamada “social-democracia” ou o socialismo tipo sueco.

            No fundo, trata-se de uma forma de capitalismo: o capitalismo de Estado. No tempo da União Soviética, e apesar do que diz Lenin em seu livro “O Estado e a revolução”, não se acabaram nem bancos nem a moeda, que continuou sendo o rublo.

            É claro que no capitalismo existem mazelas muito sérias. Esse sistema, que sucedeu ao mercantilismo, foi sendo implantado na Europa com a Revolução Industrial, sem direitos trabalhistas. E pior, sem nem proteção à infância, pois o ministro inglês Pitt saiu-se com essa frase infame: “Levem as crianças” (para as fábricas).

            Porém vieram as leis trabalhistas e foi até um ditador de país capitalista, Getúlio Vargas, quem outorgou a CLT, que dizem mesmo ser a mais avançada carta social do mundo (e que agora o governo Temer quer desmontar). O grande problema do capitalismo atual é seu desvirtuamento pela doutrina esquerdista do neoliberalismo. Para ser bom o capitalismo tem de ser produtivo, ou seja, basear-se no trabalho e na produção. A tendência atual é para o capitalismo especulativo, financeiro: o dinheiro gerando dinheiro. E isso é que não se pode admitir. Como no socialismo, o ser humano perde a sua dimensão.

            A DSIC (Doutrina Social da Igreja Católica) através principalmente das encíclicas sociais (como a “Rerum Novarum” de Leão XIII e a “Mater et Magister” de João XXIII) traz em si a orientação para que as relações sociais e econômicas sejam justas e eficazes. Não precisamos portanto repelir o capitalismo, mas expurgá-lo de seus defeitos; o socialismo é que não tem jeito, pois é de sua natureza sufocar as liberdades e endeusar o Estado, chegando a ser uma religião de Estado: o deus-Estado.

            E o grande Papa Pio XI definiu que o comunismo é “intrinsicamente perverso, monstruoso e desumano”. Os fatos (matanças, genocídios, prisões e perseguições por “delito de pensamento”, difusão da miséria etc) vêm demonstrando isso desde 1917.

 

Rio de Janeiro, 15 de dezembro de 2017.

Compartilhar em redes sociais

Comentários (0)

Deixe o seu comentário


Reload Image








Últimas matérias da coluna

01.08.2018 - Aborto: crime não pode deixar de ser crime

29.06.2018 - Uma Copa tatuada

15.06.2018 - Perseguição aos cristãos no mundo inteiro

07.06.2018 - "A Coisa" de Stephen King

18.05.2018 - Alguma coisa vem mudando no país

15.05.2018 - Psycho Pass 9: Akane se impõe

27.04.2018 - Godard e o conceito esquerdista de liberdade

17.04.2018 - As catástrofes de Asimov

18.03.2018 - "Sem olhos em Gaza", resenha

08.03.2018 - Elfos e árvores

20.02.2018 - Revendo Däniken

11.02.2018 - Opressão odiosa às mulheres

02.02.2018 - O homem não vem do macaco

26.01.2018 - Onde estão os católicos ricos do Brasil?

22.01.2018 - Ao Sul do Equador com Disney, resenha

Ver mais
Livraria online Dicionário de Escritores Exercícios de criação literária
Entretextos Acadêmico
Rádio Entretextos
Livros online Aúdios

Imagens da Cidade Verde: entrevista com o escritor Ribamar Garcia


Os anos da juventude, entrevista com Venceslau dos Santos


Listar todos
Últimas matérias

13.08.2018 - BUCHADA DE BODE NA FAZENDA DO ROCIO

Em seguida, disse que ele mesmo iria mandar preparar uma buchada, a ser feita com bode de seu próprio rebanho. Marcamos a data e o local do repasto.

12.08.2018 - PASSANDO PELO CENTRO DO RIO DE JANEIRO

Não cfoi hoje nem ontem

12.08.2018 - Julião Afonso Serra, um dos quatro grandes sesmeiros do Piauí.

O acadêmico Reginaldo Miranda traça o perfil biográfico de um dos conquistadores e maiores sesmeiros do Piauí

10.08.2018 - EM BUSCA DA POÉTICA DE J. G. DE ARAÚJO JORGE

EM BUSCA DA POÉTICA DE J. G. DE ARAÚJO JORGE

10.08.2018 - EM BUSCA DA POÉTICA DE J. G. DE ARAÚJO JORGE

EM BUSCA DA POÉTICA DE J. G. DE ARAÚJO JORGE

05.08.2018 - HOW GOES THE ENEMY?

o ePIFÂNICO

04.08.2018 - Cidadela saqueada

Fato é que o crime organizado está levando a melhor. Até quando?

04.08.2018 - violência nas escolas

Nunca mais ninguém o perturbou

02.08.2018 - Dois momentos felizes de uma bela tarde

O ponto alto da solenidade será o lançamento do livro “Câmara Municipal de Campo Maior: 256 Anos de História”, da autoria do professor e historiador Celson Chaves

01.08.2018 - Aborto: crime não pode deixar de ser crime

Não podemos calar diante da barbaridade.

01.08.2018 - MEU PROFESSOR DE HISTÓRIA

MEU PROFESSOR DE HISTÓRIA – ROGEL SAMUEL

31.07.2018 - Mario Benedetti

Mario Benedetti

27.07.2018 - Os males do Crivella: um prefeito que não deu certo

Eis um prefeito

26.07.2018 - Gênese de Emoção no Circo

Gigliola Cinquetti e o ingênuo “Dio, come ti amo” fizeram muitas adolescentes verterem profusas e sentidas lágrimas, com direito a profundos soluços e palpitações.

25.07.2018 - Eurídice

049

ENTRETEXTOS - DÍLSON LAGES MONTEIRO
Baloon Center, Av. Pedro Almeida nº 60, Sala 21 (primeiro piso) - São Cristóvão - Teresina - Piauí - CEP: 64052-280 Fone (86) 3233 9444
e-mail: dilsonlages[@]uol.com.br